Operação de Guaidó contra Maduro foi antecipada em almoço em Brasília

02/05/2019

Representantes diplomáticos de 16 países foram informados na sexta-feira de que opositor tentaria derrubar líder bolivariano

BRASÍLIA — Estados Unidos, Espanha, Equador e as 13 nações que integram o Grupo de Lima, incluindo o Brasil, sabiam, desde o fim da semana passada, que o autoproclamado presidente Juan Guaidó daria um passo mais largona última terça-feira e convocaria apoiadores para protestarem nas ruas contra o regime do chavista Nicolás Maduro.

Segundo fontes do governo brasileiro, o assunto chegou a ser discutido na sexta-feira, em Brasília, durante um almoço que reuniu representantes diplomáticos desses países.

Trabalhava-se com a informação de que Guaidó já contava com apoio significativo dos militares venezuelanos, o que acabou não se confirmando.

— Não fomos pegos de surpresa — garantiu uma fonte, acrescentando que Juan Guaidó tem mantido contatos frequentes com o governo brasileiro para fazer relatos sobre os últimos acontecimentos.

Fonte: O Globo

0 Comentários

Adicione um comentário

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


AutoDJ

Gospel Mix

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Gusttavo Lima

Cem Mil

02.

Bruno e Marrone

Surto De Amor

03.

Zé Neto e Cristiano

Estado decadente

04.

Luan Santana

Vingança

05.

Marília Mendonça

Bem pior que eu

Anunciantes